Alta do desemprego em maio foi puxada por crescimento dos desocupados, diz IBGE


Alta do desemprego em maio foi puxada por crescimento dos desocupados, diz IBGE

Untitled Document O aumento de 38,5% no contingente de desocupados em maio em relação a maio de 2014 é o maior já registrado na série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por causa dessa alta, 454 mil pessoas entraram na fila do desemprego no período de um ano.

O aumento na desocupação foi a principal razão para a elevação na taxa de desemprego, para 6,7% em maio, a maior para o mês desde 2010, afirma Adriana Beringuy, técnica da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE. Em maio do ano passado, a taxa estava em 4,9%.

"Esse aumento tão significativo do desemprego em maio ante maio de 2014 se deve ao aumento no contingente de desocupados", diz. Segundo o IBGE, havia 1,633 milhão de desocupados nas seis principais regiões metropolitanas do País em maio de 2015. Além disso, o recuo de 5,0% no rendimento médio real dos trabalhadores em maio ante igual mês de 2014 é o maior desde janeiro de 2004, quando a perda foi de 5,9% frente a igual mês de 2003. Trata-se também da quarta queda seguida neste tipo de confronto.

FONTE:Estadão
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can