Carreira em Foco: motivação depende de escolhas


Carreira em Foco: motivação depende de escolhas

Por Ednilson Gomes dos Santos

Carreira é definida por escolhas.

No primeiro artigo da série Carreira em Foco, dei uma atenção à imagem do profissional nas redes sociais e como ela pode afetar suas chances no mercado. Nessa segunda parte da série, falarei um pouco sobre como as escolhas dos profissionais impactam diretamente em sua motivação e, consequentemente, no desempenho de suas funções no trabalho.

Se você ainda vai entrar no mercado de trabalho, saiba que a sua escolha pode definir como você se sentirá em relação ao sucesso. Mas o que é sucesso?

Para muitos, sucesso é chegar a um cargo executivo muito importante em uma multinacional respeitada, para outros, sucesso é empreender uma empresa que dê certo do ponto de vista financeiro, além de muitos outros tipos de sucesso. Existem ainda os profissionais que consideram que sucesso é obter um patamar onde família, relacionamentos, vida social e vida financeira possam estar em equilíbrio.

Suas escolhas devem se basear em uma única pergunta: O que é sucesso pra você?

Com essa resposta em mente é que será possível saber quais as melhores escolhas fazer em sua carreira.

Quais os tipos de escolha que afetam uma carreira?

A escolha base é definir que área de atuação não só te atrai, mas te motiva constantemente. Esta escolha, poucas vezes considerada com seriedade, é que poderá definir com o que você irá trabalhar por muitos anos – 0u até mesmo durante toda a sua carreira. Certamente você conhece diversas pessoas que trocaram de profissão durante a carreira por terem se frustrado com a área escolhida. Na verdade, todo mundo conhece alguém assim.

Nesta escolha é necessário considerar seus objetivos de vida versus sua capacidade de se reinventar e ser diferente. Muitos profissionais escolhem profissões conhecidas por pagarem pouco, mas onde existem os profissionais que se destacam e conseguem manter um padrão de vida bastante interessante, o que lhes proporciona realizar sonhos e metas de vida, como fazer uma viagem internacional por ano, a troca do carro a cada um ou dois anos, a casa no campo para reunir os amigos e a família, e assim por diante.

A próxima escolha gira em torno do perfil da empresa em que você deseja desempenhar o trabalho pelo qual você é apaixonado, não para qual você seria contratado. Não há dúvidas de que os melhores profissionais são aqueles que trabalham naquilo em que amam, por isso, a empresa precisa oferecer as condições necessárias pra que isso aconteça plenamente. Essa escolha exige uma grande pesquisa em relação à empresa, mas a forma mais efetiva de avaliar se o lugar será adequado é conhecendo pessoas que trabalham ou já trabalharam na empresa e perguntando sobre tudo aquilo que você espera da empresa.

Por último, porém não menos importante, os benefícios complementam uma boa escolha em qualquer carreira. No Brasil, os benefícios para funcionários ainda giram muito em torno vale-refeição, vale-transporte, em alguns casos participação nos lucros e até premiações como viagens de tempos em tempos, mas seguindo os mercados mais desenvolvidos como, por exemplo, o Vale do Silício, em que os funcionários possuem o que se chama de stock options, também conhecido no Brasil, mas direcionado apenas a executivos. Dentre os benefícios estão moradia próxima ao trabalho, horários reduzidos, verba para desenvolvimento de projetos em sociedade com a empresa e até sociedade na própria empresa, tudo baseado em meritocracia. O objetivo é selecionar profissionais apaixonados pelo que fazem e mais comprometidos com o crescimento da empresa.

Para quem pensa em mudar de área tudo se aplica igualmente, agora com a chance de fazer da maneira correta.

E você, já escolheu a sua carreira e é apaixonado por ela? Compartilhe suas experiências nos comentários e não perca o próximo artigo da série Carreira em Foco!

FONTE:Impacta
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can