Responsabilidade Social: a sociedade em evolução


Responsabilidade Social: a sociedade em evolução

Responsabilidade Social é o conceito por meio do qual a população civil, governos, organizações e instituições se inspiram e buscam contribuir para uma sociedade mais justa e um ambiente mais limpo e sustentável. É um fenômeno resultante da modernização global e da economia. Ao longo da história, tivemos uma população que priorizava seus interesses e empresas orientadas para o produto e para o mercado. Agora o foco é o social, assim, os cidadãos, governos e organizações, deixam de visar apenas os seus interesses próprios e passaram a trabalhar para alcançar o interesse comum.

A Responsabilidade Social revela-se como importante fator para o desenvolvimento, crescimento e manutenção de boas práticas da sociedade em geral. Empresas e governos buscam uma melhor relação entre o homem e o meio ambiente e, com isso, notamos inúmeros esforços, mudanças e transformações de ordem política, cultural, econômica e social para se adaptarem a essas novas exigências. Com tantas mudanças, podemos verificar esforços para se aproximar os interesses organizacionais e da sociedade para o alcance dos objetivos comuns. Com a globalização e mutação em larga escala das indústrias, surgiram novas preocupações e expectativas dos consumidores, autoridades públicas e dos investidores, e com isso a necessidade de se observar a responsabilidade social, principalmente nas organizações.

Realizar coleta seletiva, não poluir, patrocinar campanhas assistencialistas, praticar filantropia, estimular vida saudável, será que atitudes como essas bastam? Muitas empresas estão preocupadas em fazer, mostrar para a comunidade em geral e principalmente para seus consumidores que são corretas. Demonstram a sua postura diante das mazelas da sociedade e que estão, de alguma forma, contribuindo para o bem-estar da população. Mas para que todos esses esforços possam, de fato, se transformar em benefícios coletivos, é preciso que os indivíduos e as instituições passem a adotar critérios sociais e ecológicos nas suas relações.

Temos que estar atentos para os reais motivos pelos quais algumas organizações investem no social, alterando seus próprios conceitos, às vezes visando a uma maior qualidade de vida dos seus colaboradores e como resultado um aumento na produtividade. Outras organizações adotam programas de responsabilidade social para desviar a atenção do público de questões éticas ligadas às suas operações primárias.

É necessário ter consciência de que precisamos aprimorar nossos conceitos, conhecimentos e atitudes para implementação da responsabilidade social não como um modismo, mas como atitudes inquestionáveis, com valores sólidos e irremovíveis na relação sociedade empresa, com o meio ambiente e com o próximo. E o principal motivo para todas essas mudanças é porque a sociedade evoluiu, as empresas evoluíram e,consequentemente, as relações entre sociedade, empresas e o meio ambiente também.

* Viviane Cury Corrêa é professora do curso Técnico em Logística da Faculdade Anhanguera de Negócios de Belo Horizonte

FONTE:alfapress.com.br
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can