Jovens do Ensino Médio podem se inscrever para Parlamento Jovem até 23 de maio


Jovens do Ensino Médio podem se inscrever para Parlamento Jovem até 23 de maio

Podem participar alunos entre 16 e 22 anos que cursem a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio

As inscrições para a 11ª Edição do Parlamento Jovem Brasileiro seguem abertas até o dia 23 de maio. O evento, que ocorre entre 21 e 26 de setembro, vai reunir 78 estudantes de todos os estados. Podem se inscrever alunos entre 16 e 22 anos que estejam matriculados e frequentando regularmente a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio em escolas públicas ou particulares.

O programa permite aos alunos vivenciar o processo democrático por meio da participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados. Segundo o responsável estadual pelo Parlamento Jovem Brasileiro, Sérgio Luiz Damiati, o programa oferece ao jovem a oportunidade de crescimento pessoal e coletivo, e possibilita a discussão e apresentação de propostas e soluções para os problemas brasileiros.

Como participar

Os estudantes devem elaborar um projeto de lei nas áreas de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Agricultura e Meio Ambiente, Economia, Emprego e Defesa do Consumidor e Saúde e Segurança Pública. Após a conclusão do projeto, os alunos devem preencher a ficha de inscrição e anexar à ficha o projeto de lei, cópia do documento de identidade, cópia do CPF e declaração de matrícula. No site da Câmara dos Deputados, o aluno pode preencher a ficha de inscrição e conferir explicações sobre a elaboração do projeto de lei.

O material completo deve ser entregue na escola do aluno para então ser encaminhado à diretoria de ensino. A seleção dos projetos será feita pela Secretaria da Educação, que se encarregará de enviar os 44 projetos selecionados para Brasília.

Em Brasília será feito um novo processo seletivo para a escolha de 11 projetos.  Os alunos escolhidos ficarão uma semana na cidade acompanhando o projeto de lei de sua autoria, que passará por todos os tramites necessários até se tornar lei. 

- Clique aqui e saiba mais sobre o programa

Crescimento

Os alunos das escolas paulistas têm se interessado cada vez mais pelo desenvolvimento de projetos e iniciativas voltadas para as áreas da política e da cidadania. Um levantamento pela, realizado Educação, apontou o crescimento no número de jovens inscritos no programa Parlamento Jovem Brasileiro.

Em 2013, foram 212 projetos de lei inscritos para representar o Estado de São Paulo na competição nacional, contra 180 projetos recebidos em 2012, o que indica aumento de 17,7%. 

Das propostas enviadas pelos alunos de São Paulo, foram pré-selecionados 44 projetos de lei, sendo 33 deles elaborados por alunos da rede estadual de ensino. Entre eles, está o trabalho do estudante Fabio Diego de Souza, da E.E. Anna Passamonti Balardin, em Sertãozinho, que visa a “redução de alíquota de impostos sobre produtos para veículos que possuam tecnologia híbrida”. Veja mais aqui.  

FONTE:http://www.educacao.sp.gov.br/
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can