10 perguntas que podem ser armadilhas nas entrevistas de emprego


10 perguntas que podem ser armadilhas nas entrevistas de emprego

 

A primeira impressão que se consegue em uma entrevista de trabalho, não é o único fator de relevância. Para ganhar pontos extras nestes encontros, deve-se responder de maneira inteligente cada uma das perguntas propostas pelo entrevistador. Neste post listo 10 questionamentos e conselhos para superar com sucesso a etapa de convencer o pessoal do RH com respostas ideais, que podem levá-lo ao emprego tão desejado.

Um dos erros mais cometidos nas entrevistas de trabalho, é o de responder sem refletir os questionamentos. Por exemplo, o recrutador propõe o seguinte: - "Qual é o seu maior defeito?", a resposta mais habitual é aquela dada por uma classe de atores que só enxerga o próprio umbigo: - "Ser perfeccionista demais". Cuidado isto nunca acaba rendendo o resultado esperado.

Converter uma qualidade em defeito é uma ação nada inteligente. Nesse caso recomenda-se fazer uso da sinceridade, como aceitar, por exemplo, que acha complicado ter que tomar decisões. O efeito será positivo, pois deixará ver o lado analítico de sua personalidade.

Outra das perguntas que comumente costumam fazer é: - "Segundo seus amigos, qual é seu maior defeito?". O entrevistado deve tentar não engrandecer sua resposta evitando os "muito" ou "demais". Assim como na primeira pergunta, a honestidade é peça chave.

- "Se tivesse que despedir alguém, como diria?". Nem muito autoritário, nem muito desentendido. A resposta ideal seria:   - "Chamá-lo-ia a um canto e olhando nos olhos diria que não pode seguir com a empresa. Trataria de convencer sobre a mudança e, inclusive, o aconselharia a buscar outro emprego mais adequado". Olhá-lo de frente, ajudaria a expressar nobreza.

Um dos questionamentos habituais, para medir a ambição, é:   - "O que é mais importante: o trabalho ou o dinheiro?". Para responder esta pergunta, o melhor é o seguinte: - "Prefiro ganhar menos, mas trabalhando naquilo que gosto".

A atitude é um valor muito importante para um futuro candidato, motivo pelo qual quando fazem a pergunta: - "Se ordenassem a fazer um trabalho que não goste, o que você faria?". Recomenda-se analisar a situação, respondendo: - "Eu faria, afinal estou recebendo por isso. A gente faz tanta coisa que não gosta nesta vida..."

- "Em que ocasiões mentiria". Levando em conta que você deve manejar a entrevista de maneira honesta, esta não é a exceção. Como sugestão, não titubeie em dizer: - "Para não ferir um amigo de serviço. De qualquer forma preferiria dizer-lhe a verdade se notar que assim posso corrigir um grave erro".

A convivência é parte importante em qualquer empresa, motivo pelo qual é relevante saber como reagiria ante situações de mal-estar. O pessoal de RH pode questionar o seguinte: - "O que você acha mais irritante em seus colegas de trabalho ou de escola?". Neste caso, o aconselhável é responder: - "Não gosto das reclamações. Passar o dia todo escutando isso é incômodo. Digo que deveriam ser mais positivos".

Outra das perguntas básicas, que visa conhecer as áreas de oportunidade do candidato, é: - "Você tem algum ponto cego que ainda não desenvolveu?" A maneira idônea de enfrentar esta situação é responder: - "Sinceramente dentro do âmbito deste emprego, se tenho algum ponto cego, não o conheço, mas não me importaria que alguém me dissesse. Posso aprender e corrigir meus erros".

Sobre seu currículo, uma pergunta muito habitual: - "Qual foi sua maior frustração profissional?". Neste caso há que deixar bem claro que não é uma pessoa derrotista, nem muito menos rancorosa. Reconheça situações como - "Aprendi que um tropeço faz parte da minha experiência".

Ao finalizar a entrevista, o recrutador em geral tratará de inverter os papéis mediante a seguinte questão. - "Estamos quase acabando aqui... e você, tem alguma pergunta para mim?". Faça perguntas inteligentes, como: planos de promoção, possibilidade de desenvolvimento profissional, entre outras. Evite o clássico "Qual seria minha hora de saída?"

Pronto, agora tudo o que você deve fazer é ir lá e arrasar na entrevista. Boa sorte e volta aqui para contar para gente como foi.

FONTE:mdig.com.br
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can