Visão abrangente gera a conscientização de um processo.


Visão abrangente gera a conscientização de um processo.

Acho que a Educação está necessitando focar um melhor desenvolvimento de "história" para os jovens.

História minha, de minha família, de um povo, de uma nação, do mundo.

O grande desafio hoje das Instituições são de criarem ordem éticas, que levem a vontade do aluno a não fazer o mal, o qual está presente nos dias de hoje, e desafiarem uma comunidade onde reina uma conscientização de um processo histórico, ou seja ter um ideal, e não apenas viver para o momento, utilizando apenas as emergências, sem nenhum foco.

Esta forma de viver, acarreta inclusive uma vida sem esperanças. A sociedade existe e temos que aproveitá-la para o nosso próprio bem, ela nos ajuda a não deixar o homem se transformar num ser a-histórico.

Se o indivíduo não souber conviver na sociedade, ela se tornará extremamente danosa, na medida em que lhe negará a possibilidade de esperançar.

Se é aqui que termina, se temos apenas o momento, não há por que esperançar.

O jovem vive de forma intensa no sentido de esgotamento, aquilo que está acontecendo agora. Por isto que acredito na necessidade que saibamos a distinção entre o fundamental e o essencial.

Quer dizer o que é o essencial na vida?
Essencial é tudo aquilo que não pode não ser.
É aquilo que dá plenitude ao indivíduo.
O que constitui a identidade de cada um.
Essencial é a "amorosidade, liberdade, sexualidade".
Isso é a minha inteireza, isso é essencial.

Já fundamental é tudo que ajuda a chegar no essencial.
Ex: trabalho, dinheiro, bens materiais.

Seria tolice dizer que dinheiro não tem importância, mas ele não é essencial.

Em resumo, fundamental é aquilo que cria as condições para chegar ao essencial.

Uma escada pode ser fundamental. Ninguém usa uma escada para ficar nela; ela serve para chegar a outro lugar.

Os jovens buscam hoje os bens finitos e não os bens infinitos.

È isto que proponho aos jovens uma conscientização de historicidade, só assim podemos manter a "Esperança".

Siga o Emprego You Can no Facebook

FONTE:Blog do Ser Universitário
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can