FESO assina convênio com o PARNASO


FESO assina convênio com o PARNASO

A Fundação Educacional Serra dos Órgãos (FESO) e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO) firmaram, no dia três de março, uma parceria para que os estudantes do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) possam desenvolver estágios e, em conjunto com os professores e pesquisadores, ajudar no desenvolvimento de estudos no parque.

“O PARNASO é um parque importante e o UNIFESO é uma Instituição que oferece formação nas áreas ambientais, portanto é interessante colocar nossos estudantes nesse cenário de prática e colaborar no desenvolvimento de pesquisas com os nossos professores, essa é a intenção da parceria”, analisa o professor Luis Eduardo Possidente Tostes, Diretor Geral da FESO.

O professor José Feres Abido de Miranda, Pró-Reitor Acadêmico do UNIFESO, destaca que “a Instituição tem uma preocupação com a sociedade e com o meio ambiente, por isso o desenvolvimento de cursos do UNIFESO voltados para essa questão. A parceria com o PARNASO é significativa, pois colabora na formação dos nossos estudantes”.

“O parque faz parte da minha história. Quando entrei para a coordenação, lembro que o professor Feres me questionou sobre o por que da Instituição não ter uma parceria com o PARNASO. Agora com o casamento consolidado vamos conseguir crescer muito”, conta a professora Vivian Telles Paim, coordenadora dos cursos de Engenharia de Produção e Engenharia Ambiental e Sanitária.

Sobre o PARNASO 

O PARNASO é uma unidade de conservação federal de proteção integral e abrange os municípios de Guapimirim, Magé, Petrópolis e Teresópolis, além de ser vinculado ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Com 20.024 hectares, abriga mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas, 462 aves, 105 mamíferos, 103 anfíbios e 83 répteis, que inclui 130 animais ameaçados de extinção.

O Chefe do Parque, Leandro do Nascimento Goulart, explica que “estamos aqui apenas para formalizar um casamento que já existe entre as duas Instituições. Temos uma demanda do PARNASO de aprimorar o corpo técnico, o que se torna mais viável com a colaboração dos alunos e professores do UNIFESO, e de nossa parte oferecemos a eles um campus avançado de pesquisa e conhecimento”. Já a coordenadora de biodiversidade do PARNASO, Cecília Faria, acredita que “existem possibilidades de atuação do Parque, dos professores e dos alunos do UNIFESO para o desenvolvimento de programas de pesquisa e extensão, com o que  as duas instituições só tem a ganhar”.

FONTE:Unifeso
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can