Cresce procura por cursos de Engenharias no ProUni 2016/1


Cresce procura por cursos de Engenharias no ProUni 2016/1

Os cursos de Engenharias foram os mais procurados na primeira edição de 2016 do Programa Universidade para Todos (ProUni), conforme balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na tarde de ontem, 26 de janeiro. Foram contabilizadas 348.918 inscrições, no total.

Confira o resultado do ProUni 2016/1

Tire suas dúvidas sobre o ProUni

No ProUni 2015/1, Engenharia Civil aparecia somente em quarto lugar com 140.305 inscrições. Antes, estavam Administração (303.845), Direito (252.391) e Pedagogia (161.938). Esses cursos também estão entre os mais procurados desta edição com 305.859, 269.463 e 176.457 inscrições, respectivamente.

Neste semestre, os cursos de Engenharias também lideraram a oferta de bolsas de estudo com 28.110 oportunidades. Outras 8.688 foram ofertadas para o curso de Engenharia Civil. Além disso, há 5.589 para Engenharia de Produção. A evolução na oferta de vagas entre 2013 e 2016 foi de 11.861 para os cursos de Engenharias.

Inscritos e inscrições

Foram registrados 1.599.808 inscritos e 3.108.422 inscrições, já que cada candidato podia indicar até duas opções de cursos. Destas, 1.899.914 foram para a Ampla Concorrência e 1.208.508 destinaram-se às Cotas. A relação de candidato por bolsa neste semestre foi de 15,3. No ProUni 2015/1, a demanda foi inferior, o equivalente a 13,8. Foram 2.944.672 inscrições para as 213.113 oportunidades.

Perfil

Dos inscritos, 602.254 têm idade entre 18 e 20 anos, 951.446 são mulheres e 290.467 residem em São Paulo. Roraima foi o Estado com o menor número de inscritos, o equivalente a 3.525. A apresentação do MEC mostrou, ainda, que 1.035.412, ou seja, 65% do total de inscritos, possuem idade até 22 anos. Além disso, foram contabilizados 12.834 candidatos com deficiência. 

Notas de Corte

O curso de Medicina aparece nove vezes entre os dez com a maior nota de corte do ProUni 2016/1, sendo o de Fortaleza/CE o primeiro com média mínima de 791,66 para a Ampla Concorrência. Em segundo lugar, aparece Direito em Araras/SP com ponto de corte de 791,04 na mesma modalidade. 

Em seguida, estão os cursos de Medicina em Goiânia/GO (789,72), Aracaju/SE (785,84), Ubá/MG (785,02 Cota), Juazeiro do Norte/CE (782,28 Cota), Betim/MG (781,94), Rio Branco/AC (779,68), Anápolis/GO (779,28) e Cajazeiras/PB (778,40).

Bolsas de estudo

Nesta edição, foram ofertadas 203.602 bolsas de estudo em 30.931 cursos ministrados em 1.069 instituições particulares. Na primeira edição de 2015, foram 213.113 oportunidades. A redução de 4% no total de vagas é explicada pelo fato de 97 instituições estarem impedidas de participar do programa este ano em virtude da nota de avaliação inferior a 3 no Índice Geral de Cursos (IGC). 

ProUni 2016/1

Puderam se inscrever, entre os dias 19 e 22 de janeiro, os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 com desempenho superior a 450 pontos na média e nota diferente de zero na redação, que cursaram o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em instituição privada.

Candidatos que comprovarem renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário mínimo terão direito às bolsas integrais. Já as bolsas parciais serão concedidas para estudantes com renda familiar bruta mensal per capita de até três salários mínimos. Os limites de renda não se aplicam aos professores da rede pública.

Os pré-selecionados na primeira chamada têm até 1º de fevereiro para comprovar as informações prestadas no ato da inscrição. Já a segunda convocação será realizada no dia 12 seguinte com prazo até o dia 18 para matrícula.

Os interessados poderão manifestar interesse em participar da lista de espera entre os dias 26 e 29 de fevereiro. O resultado sai em 3 de março e os selecionados deverão comparecer à respectiva instituição entre os dias 8 e 9 de março para entregar a documentação comprobatória. 

Mais informações podem ser obtidas no Edital ou no site do ProUni.

Por Wanja Borges

FONTE:Brasil Escola
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can