Como todas as delícias da vida...o trabalho é necessário estar com elas!


Como todas as delícias da vida...o trabalho é necessário estar com elas!

"Cuidado: burn out"

O ser humano é insatisfeito por natureza, mas em alguns momentos essa insatisfação toma uma proporção física. Quem nunca se sentiu incomodado com um tipo de cargo, salário, atividades de um emprego?

Em todas as hierarquias, em algum momento a insatisfação vai bater á porta.

Muitas vezes não ligamos muito, vamos levando esse desconforto, deixando para lá por conveniência, necessidade ou mesmo estratégia profissional.

Mas chega uma hora que isso pode causar problemas sérios, nos imobilizando ou gerando uma sensação de pânico constante, que nos tira do nosso foco e leva a nossa felicidade embora.

Aprendi a lidar com o desconforto da pressão por prazos, recursos, investimento, lucratividade, necessidade, até mesmo prazer pessoal. A pressão nem sempre é ruim, a necessidade de decisões que impactam severamente e diretamente na vida e na exigência dos negócios, entre tantos outros fatores, acabam levando a uma pergunta que não quer calar: é isso mesmo que quero para minha vida?

Nesta hora, temos de consultar nossos planos, checar toda nossa história, ambições, e nos reprogramarmos.

Até onde vai a nossa vontade de ter novos desafios, e ampliar nosso próprio negócio?

Isso tem que estar bem claro, para que sejam um motor dos nossos projetos, e não uma lâmina pronta para nos ferir e imobilizar.

O ideal é que o trabalho seja encarado como um dos prazeres da vida. Não o estou comparando aqui a nada mirabolante, e sim a prazeres simples, como aprender a cozinhar algo bem gostoso, dançar, degustar um bom vinho, viajar, tocar um instrumento, curtir uma música...

Enfim...tantas outras delícias que a vida nos proporciona. O trabalho precisa estar incluído nesse pacote, ou, pelo menos, não estragar o que fazemos quando estamos longe dele.

País das Maravilhas, é em desenho animado... em algum momento, sempre teremos problemas, inseguranças e crises. Mas se colocarmos o trabalho à parte das nossas vidas, como algo que fazemos apenas por obrigação e para ganhar dinheiro, não vamos chegar a lugar nenhum.

Da mesma forma, mudar de atividade, emprego ou diretriz apenas porque o atual o está deixando muito desesperado é apenas adiar o próximo tsunami de insatisfação, estresse e até um "burn out".

Procure não se tornar vítima da situação, e, muito menos, de você mesmo. Todos temos limites, fragilidades, e motivações para tomarmos as decisões de mudança, conseguimos manter distante de problemas e insatistações, com muita atenção nos detalhes, comunicação, e insatisfações no trababalho, que podem ser resolvidas quando dialogadas.

A comunicação é essencial a um bom empreendimento.

FONTE:Ser Universitário
Curta o Emprego-youcan no Facebook Facebook Emprego You Can